Epic Games terá loja concorrente do Steam

Victal

Viciado
10,909
9,608

É fato que a Epic Games é uma das empresas mais importantes nos games. Não pelo passado com sucessos Unreal Tournament e Gears of War, mas por toda sua presença na área. Devemos lembrar que ela criou o motor gráfico Unreal Engine, um dos mais utilizados e avançados do mercado. Após a presença em todas áreas, o estúdio vai investir agora em uma loja virtual, a Epic Games Store. Assim como a Valve com a Steam, a Epic Games fará o mesmo.

Uma das maiores vantagens da loja é a taxa cobrada aos desenvolvedores. Na Steam, quando publicado um jogo, a Valve possui 30% do ganho nas vendas. Além desta taxa, caso o jogo em questão seja produzido na Unreal Engine, a Epic também cobra 5% de royalties. No entanto, se o desenvolvedor publicar na Epic Games Store, a porcentagem nas vendas será de apenas 12%. De bônus se o jogo foi feito na Unreal Engine, não será cobrado os 5% de royalties.

“Durante o desenvolvimento do Fortnite, aprendemos muito sobre o custo de operar uma loja digital no PC”, disse o fundador e CEO da Epic Games, Tim Sweeney.

“A matemática é bastante simples: pagamos cerca de 2,5% a 3,5% pelo processamento de pagamentos para os principais métodos de pagamento, menos de 1,5% para os custos CDN (assumindo que todos os jogos são atualizados com a frequência de Fortnite) e entre 1 e 2% para variáveis custos operacionais e de suporte ao cliente.”

“Custos fixos de desenvolvimento e suporte à plataforma tornam-se insignificantes em larga escala. Em nossa análise, as lojas que cobram 30% estão aumentando seus custos em 300 a 400%. Mas com os desenvolvedores recebendo 88% da receita e a Epic recebendo 12%, essa loja ainda será um negócio lucrativo para nós ”.

De acordo com Sweeney, a Epic Games acredita que os desenvolvedores devem ser recompensados por seus esforços.

“Houve um tempo em que o modelo de 70/30% de participação nos lucros da Steam, da Apple App Store e do Google Play foi um avanço na eficiência”, explicou. “Agora, 12 anos depois, as lojas alcançaram grandes economias de escala em um negócio mundial anual de US$ 25 bilhões, mas os benefícios se acumularam puramente para as lojas. O modelo de negócios da Epic reconhece que agora é possível administrar uma loja digital com uma participação de receita de 88/12%, e ainda ter um negócio robusto e lucrativo. ”

A loja certamente vai estar presente pelo Epic Games Launcher, conhecido por quem joga os games da desenvolvedora no PC. Fortnite e Unreal Tournament são alguns exemplos de jogos que podem ser encontrados. Não é de hoje que o estúdio tenta desviar destas práticas nas lojas virtuais atuais. Fortnite Battle Royale para Android está sendo disponibilizado por meios alternativos da Play Store, justamente por este motivo.

Fonte: https://www.comboinfinito.com.br/principal/epic-games-tera-loja-concorrente-do-steam-com-varias-vantagens-para-os-desenvolvedores/

 
  • Curtir
Reações: Edu Barros e ronabs

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
9,548
11,972
Não serei um grande consumidor, mas se possível darei uma força.
Não sabemos como será a política de preços deles para o Brasil, mas antes de comprar um jogo no PC, vou espiar a loja da Epic antes, quando estiver disponível.
Gabe está precisando de concorrência grande.
 
  • Curtir
Reações: Edu Barros

SouzaRJ

Acho que to ficando velho
PXB Gold
9,400
6,689
Nova Iguaçu - RJ
Ok, vai cobrar menos do desenvolvedor... mas e o consumidor? Se não repassar alguma vantagem para quem está do outro lado da tela, eu duvido que essa loja terá gás "para ser concorrente da steam".

Entre tapas e beijos, a steam é a queridinha dos pc gamers, independente de já ter aparecido em outros tempos alternativas que pareceram tão promissoras quanto.

A dominância da empresa do gorducho Gabe é tão grande que eu sou cético ao ponto de achar que essa vem também para ficar lá no underground junto com UPlay, Origin, GOG e etc... que acabam sendo lojas de nichos específicos.

Tomara que eu esteja errado, concorrência sempre é bom pra gente que compra o jogo... só que tem tempo que essa concorrência não faz o dever de casa direito. (ta certo que a preguiça de largar a steam da grande parte dos pc gamers não ajuda também hahaha).

Enviado de meu Zenfone 4 Max usando Tapatalk
 
Última edição:
  • Curtir
Reações: Edu Barros

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
9,548
11,972
Ok, vai cobrar menos do desenvolvedor... mas e o consumidor?
Nada de diferente. Apenas aquilo que o consumidor já paga pelo jogo vai ser distribuído de forma a passar mais dinheiro pra quem ralou fazendo o produto.
 

Victal

Viciado
10,909
9,608
Ok, vai cobrar menos do desenvolvedor... mas e o consumidor? Se não repassar alguma vantagem para quem está do outro lado da tela, eu duvido que essa loja terá gás "para ser concorrente da steam"
Se o desenvolvedor colocar o jogo só na loja da Epic ou se pela loja da Epic tiver algum bônus já será o suficientes para pelo menos brigar.
 

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
9,548
11,972
Se o desenvolvedor colocar o jogo só na loja da Epic ou se pela loja da Epic tiver algum bônus já será o suficientes para pelo menos brigar.
O que o @SouzaRJ disse sobre comodidade em manter tudo no Steam é muito real. Qual é a vantagem de eu precisar abrir mais de 1 lugar para jogar? Gerenciar amigos em plataformas diferentes...
A Epic já tem um bom chamariz para publishers anunciarem lá.
Vamos ver se ela bola algo chamativo para o consumidor final.
 

ronabs

Opa
Moderador
11,382
21,399
Porto Alegre
O que o @SouzaRJ disse sobre comodidade em manter tudo no Steam é muito real. Qual é a vantagem de eu precisar abrir mais de 1 lugar para jogar? Gerenciar amigos em plataformas diferentes...
Mesmo sem querer, já tenho 5 launchers no PC: Steam, GOG, UPlay, Blizzard e Twitch, fora uns sem DRM de um Humble Trove da vida instalados direto como antigamente. Não chega a ser um problema porque é só abrir o programinha ali e entrar no jogo, mas mesmo assim, centralizar é uma mão na roda pela biblioteca.
 

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
9,548
11,972
Vai estabelecer um "programa de milhagem" com resgate de v-bucks.
Vai ter nego comprando 6 vezes o mesmo jogo.
 
  • Curtir
Reações: Edu Barros

SouzaRJ

Acho que to ficando velho
PXB Gold
9,400
6,689
Nova Iguaçu - RJ
Se o desenvolvedor colocar o jogo só na loja da Epic ou se pela loja da Epic tiver algum bônus já será o suficientes para pelo menos brigar.
Nah, não imagino isso acontecendo em grande escala.

Talvez um ou outro jogo se a Epic fechar um acordo com os caras.

Porque, convenhamos que não tem sentido você querer vender suas frutas e verduras fora do maior hortifruti da região.

Okay, foi uma analogia bem bem nada haver, mas é o que tem pro momento hahahaha.

Enviado de meu Zenfone 4 Max usando Tapatalk
 
  • Curtir
Reações: Saci

SouzaRJ

Acho que to ficando velho
PXB Gold
9,400
6,689
Nova Iguaçu - RJ
Mesmo sem querer, já tenho 5 launchers no PC: Steam, GOG, UPlay, Blizzard e Twitch, fora uns sem DRM de um Humble Trove da vida instalados direto como antigamente. Não chega a ser um problema porque é só abrir o programinha ali e entrar no jogo, mas mesmo assim, centralizar é uma mão na roda pela biblioteca.
Eu tento correr disso... esses dias mesmo, na black friday, vi o Witcher 3 (re-jogar) e o FarCry 5 (ainda não joguei) por preços bem atrativos na nuuvem.

Já ia lançar no carrinho, mas ai vi que não era para ativar na steam, e sim em suas respectivas lojas.

Só a preguiça de fazer o download dos clientes, criar conta e etc só para jogar esses dois games já me fez deixar quieto e esperar os mesmos entrarem em promoção na própria loja da valve.

Eu tenho tendências bem pro lado do que o @Saci comentou, de gerenciar tudo num único lugar... numa interface que eu já estou acostumado, numa loja com layout que eu já conheço, junto com o resto dos meus games e por ai vai.

Ou seja: sou preguiçoso demais para sair da minha zona de conforto (steam), abrir mão dessas comodidades acima caso a vantagem não seja grande o suficiente (nesse caso, $$$$). E convenhamos, eu não creio que eu seja unânime, muita gente pensa e age da mesma forma.

A única exceção é quando não tem para onde correr, como é o caso de querer jogar BF ter que usar a Origin, ou Overwatch e ter que usar o launcher da Blizzard e etc.



Enviado de meu Zenfone 4 Max usando Tapatalk
 

Victal

Viciado
10,909
9,608
E ela já vai botar Fortnite lá, vai arrastar uma turma grande.

Mas assim, eu também sou cético pra caramba com mudanças assim, mas acho nesse caso plausível.
 
  • Curtir
Reações: SouzaRJ

Johannes

Viciado
8,934
5,415
No meu PC a tendência é que se o jogo não pode ser inicializado pelo Steam ele fatalmente será desinstalado ou nem mesmo comprado.

Tenho jogos da Uplay e Origin, mas esses dois ficam na maior parte do tempo longe do meu PC. Só uso mesmo quando tem algum exclusivo e não tem outro jeito. Origin a última vez aqui foi com o Andromeda e já foi desinstalado de novo.

Concorrência é sempre bem vinda e saudável, mas a profusão de plataformas que querem ter app próprio no PC só bagunça tudo. Por isso dou preferência para lojas que vendem chaves do Steam como Greenman e Nuuvem. Se a Epic quiser ter app próprio provavelmente nem vou passar lá.
 
  • Curtir
Reações: SouzaRJ

patrickfb

Viciado
1,281
1,547
Vila Velha - ES
Já chegou fazendo lambança, a estratégia de exclusividade revoltou a galera.
Ashen adiado na Windows store (mesmo com play anywhere anunciado) e na steam. Teve um outro exclusivo epic que teve a página removida da steam.
Já conseguiu revoltar a galera no lançamento.

Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
 

mad2035

Casual
1,568
789
Da mesma forma que CS impulsionou o steam, fortnite esta dando forca a epic store.

O lancamento ta sendo forte, tanto que acho cs go tornou free para nao perder espaco.

Enviado de meu SM-G610M usando o Tapatalk
 

Zarathrasher

Viciado
597
347
Excelente noticia, é sempre bom ter concorrência.
O que eu mais vejo por ai é o pessoal enaltecer o PC por poder comprar o jogo a onde quiser, mas aí se não lançar na Steam vira um choro internet afora.
Agora o que fizeram com Ashen foi sacanagem mesmo.
 
  • Curtir
Reações: xJohnKennedy

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
9,548
11,972
Excelente noticia, é sempre bom ter concorrência.
O que eu mais vejo por ai é o pessoal enaltecer o PC por poder comprar o jogo a onde quiser, mas aí se não lançar na Steam vira um choro internet afora.
Agora o que fizeram com Ashen foi sacanagem mesmo.
Essa publisher que pegou o Ashen entrou de cabeça na loja da Epic. É um movimento que era difícil de prever meses atrás, eu compreendo que a Anna P. faça isso, mas especificamente com o Ashen ficou chato por já estar anunciado. Contudo, eles devem ter pensado: "não vai ser pior do que explicar porque o jogo não está no Steam e está na Windows Store" .
 
  • Curtir
Reações: Victal

xJohnKennedy

Viciado
1,332
1,418
Goiás
Essa publisher que pegou o Ashen entrou de cabeça na loja da Epic. É um movimento que era difícil de prever meses atrás, eu compreendo que a Anna P. faça isso, mas especificamente com o Ashen ficou chato por já estar anunciado. Contudo, eles devem ter pensado: "não vai ser pior do que explicar porque o jogo não está no Steam e está na Windows Store" .
Mas a pergunta que fica é: se o jogo estivesse na Steam estaria mais barato???
 

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
9,548
11,972
Mas a pergunta que fica é: se o jogo estivesse na Steam estaria mais barato???
Depende.
O Steam tem um esquema de preços que funciona da seguinte forma: a publisher determina o valor do jogo em dólar e depois escolhe se vai usar o sistema automático de preços ou não.
"Ou não" significa determinar o preço manualmente em todos os países que tem Steam, acompanhando as variações de câmbio de cada moeda e ajustando os valores na loja. O "automático" significa deixar o Steam determinar sozinho, a publisher/desenvolvedor não pode mudar o valor só no Brasil, por exemplo. Ou controla tudo, ou não controla nada. E no Brasil o Steam é bonzinho com os consumidores.
Mas, quem tem estrutura, põe os preços manualmente, como a Bethesda. Por isso vimos os preços subirem nos últimos tempos para grandes jogos no Steam. Os grandes se ligaram.