Rumor Central de Rumores Xbox - "Eu aumento, mas não invento"

1,208
1,448
Vila Velha - ES
Xbox Live
patrick94fb
Vantajoso pode até ser, mas é aquela coisa da porcentagem, o que vender, 90% é meu. Ou não entra.

Elas não iriam deixar de graça entrar e ficar com toda a parte da assinatura.

A Sony mesmo não permitiu o EA Access que uma parte da grana ia pra EA, quem dera pra MS.
Mesmo que a a Microsoft pague uma taxa, vejo isso sendo perigoso pra Nintendo a longo prazo qnd ela resolver lançar o seu serviço.
No PS a chance é mínima, duvido muito que a Sony permita e acho que também não é de interesse da Microsoft essa aproximação. A migração seria total pro PS e a Microsoft perderia muita receita na live e loja, já a Nintendo não é um concorrente tão direto assim com o Switch.
 

Saci

Heimdall dos Pampas
Moderador
9,199
11,275
Eu acho muito compreensível que pessoas sonhem ter o Game Pass completo no Playstation.

Não vou tentar furar o balão de ninguém.

Só sugiro que, além de prever o futuro da MS com base no que sai na mídia, prestem atenção também nos movimentos de Sony e Nintendo, cujos executivos já falam aos acionistas sobre planos extremamente semelhantes.
Qual é a garantia da Nintendo que seu próximo produto não vai ser um Wii U? Ela não sabe, por isso está tentando se preparar como pode para o futuro. Ela está tentando desenvolver seus lucros nos celulares. Pode ser que uma sinergia com a MS seja importante para o futuro da Nintendo (ou outra empresa com muita infraestrutura).




A Sony já disse que não garante um PS6, pois nessa altura talvez os consoles não sejam mais relevantes. Daí ela deixa o Game Pass crescer bastante, inclusive na plataforma dela, pra depois tentar fazer concorrência nesse cenário sem hardware. Realmente, é só a MS decidir que o Game Pass vai aparecer no Playstation. Como dizem em Porto, "Ã - RÃÃ! ".
 
379
286
Jundiai - SP
Xbox Live
CaioCMSouza
Eu acho muito compreensível que pessoas sonhem ter o Game Pass completo no Playstation.

Não vou tentar furar o balão de ninguém.

Só sugiro que, além de prever o futuro da MS com base no que sai na mídia, prestem atenção também nos movimentos de Sony e Nintendo, cujos executivos já falam aos acionistas sobre planos extremamente semelhantes.
Qual é a garantia da Nintendo que seu próximo produto não vai ser um Wii U? Ela não sabe, por isso está tentando se preparar como pode para o futuro. Ela está tentando desenvolver seus lucros nos celulares. Pode ser que uma sinergia com a MS seja importante para o futuro da Nintendo (ou outra empresa com muita infraestrutura).




A Sony já disse que não garante um PS6, pois nessa altura talvez os consoles não sejam mais relevantes. Daí ela deixa o Game Pass crescer bastante, inclusive na plataforma dela, pra depois tentar fazer concorrência nesse cenário sem hardware. Realmente, é só a MS decidir que o Game Pass vai aparecer no Playstation. Como dizem em Porto, "Ã - RÃÃ! ".
concordo, no fim das contas la por volta de 2030 vamos acessar os jogos dos 3 grandes no celular, ou por uma TV mesmo.

Então me parece que não importa tanto onde vamos rodar o jogo em si.
 

ronabs

Opa
Moderador
10,831
20,107
Porto Alegre
Pelo que entendi é mais porque a sony vai ficar quietinha nesse ano.
PS4 é o produto mais rentável da Sony e 2018 foi o mais lucrativo da história da divisão, mas em números totais o console vendeu "só" 17. 7 milhões em 2018 (foram 20.2 milhões em 2017, previsão pra 2018 era de 17 depois subiram pra 17.5 - e ultrapassaram também). A tendência, por estar em fim de geração, é esse número diminuir neste ano e nos próximos também, apesar de que as receitas serão potencialmente maiores com a galera que já tem o console e a que vai entrar daqui pra frente.

Não tem nada a ver com um medo do que a Microsoft vai fazer na área de jogos.

É tipo a Take Two anunciar que Red Dead 2 vendeu 23 milhões de cópias, aumentar a expectativa de receitas do ano pra $2.94 bilhões e o mercado reagir assim.
Dyu2KosXgAYhSVE.jpg

O mercado tá vendo muitas empresas "pequenas", como a Epic, fazendo jogos relativamente baratos e lucrando bilhões, crescendo bastante e elevando a média geral de crescimento de todo o mercado de jogos, enquanto empresas mais tradicionais de games (Microsoft/EA/Take-Two/Nintendo/Sony) não conseguem acompanhar, por terem estruturas muito mais pesadas e gastadeiras ou por já estarem consolidadas no topo, então crescer no mesmo ritmo é mais complicado.
 
Última edição:

ronabs

Opa
Moderador
10,831
20,107
Porto Alegre
Mais gente chegando à The Initiative. Victoria Miller é ex-Sony, e os jogos em que ela trabalhou como produtora e/ou escritora incluem Detroit: Become Human, Hidden Agenda, The Inpatient, Until Dawn, Until Dawn: Rush of Blood, No Man's Sky, Alienation, LittleBigPlanet 3 e Beyond Two Souls.

Imagina ser uma mosca numa reuniãozinha dessas...
 
4,326
8,424
Manaus
Xbox Live
jairodesign
Mais gente chegando à The Initiative. Victoria Miller é ex-Sony, e os jogos em que ela trabalhou como produtora e/ou escritora incluem Detroit: Become Human, Hidden Agenda, The Inpatient, Until Dawn, Until Dawn: Rush of Blood, No Man's Sky, Alienation, LittleBigPlanet 3 e Beyond Two Souls.

Imagina ser uma mosca numa reuniãozinha dessas...

Essa é uma entrevista com ela falando sobre o Until Dawn, bem bacana.
 
Curtidas: Péricles Freitas
85
64
BH MG
Xbox Live
BSMoraes
Vi agora um video do ultimo Inside Xbox e na hora de falar do Crackdown passou um trailer do jogo. Antes do trailer mostrou rapidamente o logo do GP e a mensagem Exclusive. A montagem deu impressao de que será um jogo " Xbox Game Pass Exclusive". Não sei se foi proposital, mas ja dá ideia de que o jogo é do serviço e não do console.

Um pouco antes li sobre rumor de que o proximo Play será compativel com todos anteriores. Só imagino um play retrocompativel com possibilidade de assinar o GP com todos os jogos da MS. Seria o console perfeito.

O que vem dando grana de verdade pra MS é assinatura da Live. E agora a do GP também. No futuro o console pode passar a ser opcional, apenas para maior poder gráfico.
 
2,862
1,967
Xbox Live
IvanPFilho
PS4 é o produto mais rentável da Sony e 2018 foi o mais lucrativo da história da divisão, mas em números totais o console vendeu "só" 17. 7 milhões em 2018 (foram 20.2 milhões em 2017, previsão pra 2018 era de 17 depois subiram pra 17.5 - e ultrapassaram também). A tendência, por estar em fim de geração, é esse número diminuir neste ano e nos próximos também, apesar de que as receitas serão potencialmente maiores com a galera que já tem o console e a que vai entrar daqui pra frente.

Não tem nada a ver com um medo do que a Microsoft vai fazer na área de jogos.

É tipo a Take Two anunciar que Red Dead 2 vendeu 23 milhões de cópias, aumentar a expectativa de receitas do ano pra $2.94 bilhões e o mercado reagir assim.
Ver anexo 1007

O mercado tá vendo muitas empresas "pequenas", como a Epic, fazendo jogos relativamente baratos e lucrando bilhões, crescendo bastante e elevando a média geral de crescimento de todo o mercado de jogos, enquanto empresas mais tradicionais de games (Microsoft/EA/Take-Two/Nintendo/Sony) não conseguem acompanhar, por terem estruturas muito mais pesadas e gastadeiras ou por já estarem consolidadas no topo, então crescer no mesmo ritmo é mais complicado.
Take-Two é dona da RockStar?

Se o Game Pass estiver no PlayStation, e no Xbox não ter um serviço pra jogar os exclusivos da Sony, a Microsoft vai perder muita venda de Xbox, pode talvez dar um lucro bem maior pra empresa, mas aí praticamente mataria o seu console, não teria mais atrativo algum.
Desculpa a sinceridade, mas me incomodou sua frase. É totalmente tendenciosa à INVERSÃO do que está acontecendo.
Vou inverter pra você ver:

"Como a Sony não tem GamePass e a MS está com 13 estúdios dedicados para fazer exclusivos e já tem o melhor hardware, Se a Sony se não fizer nada, certamente vai quebrar ou matar o console dela."

Isso é muito mais perto da realidade de hoje, que sua frase "hipotética".

Vou deixar uma dica: Não tente comparar o mercado de Sony com a MS. Melhor comparar só o Playstation com o Xbox.
A Sony é irrisória para a MS.